Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

descobrelc

descobrelc

  • Cultura   Música   Lisboa    Porto   Grátis   Agenda  Setembro

  • Apague a luz e ajude o planeta

     

    A “Hora do Planeta” está marcada para o dia 26 de Março e incentiva cidades de todo o mundo a desligarem as luzes e provocarem um efeito global em onda. A organização lançou também uma aplicação de “smartphone” para levar a iniciativa “para lá da hora”.

     

     

    Conhece a “Hora do Planeta” (Earth Hour)? É um evento promovido pela ONG World Wide Fund for Nature (WWF) com o objetivo de alertar para os perigos das alterações climáticas. Todos os anos a organização incentiva cidades de todo o mundo a desligarem as luzes por uma hora. Este ano, a iniciativa está marcada para sábado, 26 de Março. As cidades envolvidas devem reduzir ao máximo a sua fatura energética entre as 20h30 e as 21h30. O evento começa em Sidney, na Austrália, alastrando pela Terra em efeito onda devido aos diferentes fusos horários.

     

    ler mais 

     

     

     

    Como dar a volta ao mundo de avião por 2.150 euros

    http://4.bp.blogspot.com/_ZedoPcI5fak/ST_bBMZ2VNI/AAAAAAAAALg/nUuj6MfgVfk/s320/Aspas.jpg

     

     

    Viajar pelos cinco continentes ou visitar as sete maravilhas do mundo deixou de ser apenas possível em sonhos. Veja como um só bilhete o leva até ao fim do mundo.

     

    Um sonho tem preço? O sonho de dar uma volta ao mundo tem um: 2.152 euros. Este é o valor base previsto pelo grupo Oneworld - que agrega companhias aéreas como a British Airways, a American Airlines ou a Iberia- para o bilhete de avião mais barato que permite aos turistas visitar três continentes diferentes. O sonho de dar uma volta ao mundo está, então, à distância de um único bilhete.

     

    Um dos conselhos que a responsável da agência de viagens deixa. "Ao contrário do que acontece com uma viagem comum em que muitas vezes basta os clientes marcarem a viagem com 15 dias de antecedência, numa volta ao mundo é aconselhável as pessoas estudarem o percurso com pelo menos dois meses de antecedência". É que a preparação de uma viagem desta natureza envolve muita burocracia relacionada com o pedido de vistos e as vacinas exigidas para entrar em alguns países. "Se não tiverem estes procedimentos em ordem os turistas podem ficar impedidos de entrar em alguns países e a viagem fica arruinada", afirma a responsável da Voyage.

     

    Três formas diferentes de dar a volta ao mundo

    Uma volta curta
    A Skyteam tem disponível uma mini- volta ao mundo, com direito a visita a seis cidades diferentes, a partir da capital da Holanda. São elas: Amsterdão, México, Minneapolis, Los Angeles, Tóquio e Bangcoque. O preço do bilhete está estimado em 2.599 euros em classe económica.

    De Nova Iorque para o mundo
    Se é ambicioso e quer fazer uma viagem o mais completa possível à volta do globo e em primeira classe a Skyteam tem um itenário que abrange 16 cidades diferentes, com partida a partir de Nova Iorque. O preço estimado desta viagem está em 14.734 euros.

    34 mil milhas
    Comece a sua viagem a partir de Londres e percorra 34 mil milhas à volta do globo com paragens em 10 cidades diferentes: Bahrain, Mumbai, Bangcoque, Hong Kong, Sydney, Nadi Honolulu, Los Angeles, Santiago e Buenos Aires. Preço: 3.043 euros. Tarifa disponível na OneWorld.


    http://economico.sapo.pt/noticias/como-dar-a-volta-ao-mundo-de-aviao-por-2150-euros_90230.html

     


    Dicas para planear ferias baratas...

     

    Muitas famílias têm um orçamento limitado, o que dificulta as escolhas nas férias. O ideal é poupar o máximo para pagar as despesas a pronto ou socorrer-se de meios de pagamento sem juros. Se, mesmo assim, não consegue reunir dinheiro para a viagem de sonho e pondera recorrer ao crédito, saiba todas as sugestões que foram divulgadas no site sobre economia  economico.sapo.pt.

     

    http://4.bp.blogspot.com/_ZedoPcI5fak/ST_bBMZ2VNI/AAAAAAAAALg/nUuj6MfgVfk/s320/Aspas.jpg

    Viajar com taxa zero
    Sobretudo na altura do Verão, as agências de viagens multiplicam-se em ofertas de pacotes de férias. Se encontrou o que procurava e a agência não cobra juros pelo pagamento em prestações, esta pode ser uma boa opção.

     ler mais

     

    Ideias a reter


    Férias baratas em seis dicas

    -Defina com antecedência um destino, o plano de viagem e o orçamento disponível.

    -Compare preços e procure promoções na Net. Consulte agências e sítios de viagens. Faça o mesmo para o crédito nas agências e nos bancos.

    Alguns sítios de viagens permitem comparar preços de várias companhias ao mesmo tempo: www.voosbaratos.pt ou www.rumbo.com, por exemplo.

    Ao comprar on-line, pode usufruir de taxas e de preços reduzidos.

    -Antes de optar pelo financiamento numa agência com taxa de 0% de juros, verifique se não está a pagar uma viagem mais cara.

    -Se possível, seja flexível nos horários e nas datas. As viagens ao fim-de-semana têm maior procura e são mais caras. O mesmo acontece nas épocas normais de férias: Carnaval, Páscoa, Verão e Natal. Se puder viajar em época baixa ou durante a semana, goza de opções mais em conta. Experimente dias e até horas diferentes. Um pacote de férias pode ser mais económico.

    -Se viajar de avião, compre passagens de ida e volta, com antecedência. Há boas ocasiões de última hora, mas uma reserva feita com a maior antecipação possível permite preços mais baixos.

    -Se recorrer ao crédito, use a TAEG como termo de comparação, pois reflecte o custo real do crédito. O simulador da Deco em www.deco. proteste.pt/taeg faz as contas.

     

    fonte

    Descobre Paris... UMA VOLTA POR PARIS EM HD (video)

     

     

    Le Flâneur (music by The XX) from Luke Shepard on Vimeo.

     

    Descobre o que paris têm de melhor com este excelente vídeo em HD que mostra a beleza de Paris .

    Portugal entre os países mais atractivos da Europa.

     

     

    Líder do «Top 10» europeu é a Suíça, seguido da Alemanha e na terceira posição pela Áustria, ocupando Portugal o 13.º lugar

     

     

     

    http://4.bp.blogspot.com/_ZedoPcI5fak/ST_bBMZ2VNI/AAAAAAAAALg/nUuj6MfgVfk/s320/Aspas.jpgSão boas notícias para o turismo nacional. Portugal ocupa o 13º lugar entre os países europeus que têm o ambiente mais atractivo para o desenvolvimento da indústria de viagens e turismo

     

    A Holanda, Luxemburgo Dinamarca e a Finlândia ocupam os últimos lugares do «Top 10» da classificação, de acordo com o relatório deste ano.

     

    O documento da Organização Mundial do Turismo (OMT) apresentado neste Fórum realça que o futuro próximo deve ser visto com «um optimismo prudente» e destaca que Portugal surge no 13.º lugar à frente da Noruega, Irlanda, Bélgica e de Chipre.

     

    O universo de países comparados aumentou em 2011 (139), quando era de 133 em 2009, segundo o estudo.

     

    fonte: iol.pt