Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

descobrelc

descobrelc

  • Cultura   Música   Lisboa    Porto   Grátis   Agenda  Setembro

  • Procuram-se voluntários para vindimar...em Lisboa.

     

    Para quem vive num grande centro urbano, como é o caso de Lisboa, o trabalho no campo é, por norma, uma realidade distante. Porém, os lisboetas podem agora viver a experiência da vindima sem sair da cidade. Isto porque a única vinha da capital portuguesa, a vinha da Meia Encosta, na Tapada da Ajuda, está à procura de voluntários para a colheita das suas uvas. 


    Procuram-se voluntários para vindimar...em Lisboa



    Na vindima, o dia começa cedo. É logo pelas 08.00h que os voluntários se encontram com o técnico responsável. Por volta das 12.30h ou das 13.00h, "conforme o andamento do trabalho", aponta Dalila, é hora de almoçar e recuperar a energia para o resto da jornada. O trabalho recomeça, depois, às 14.00h e prolonga-se, "no máximo", até às 17.00h.
     
    Quer sejam miúdos, quer sejam graúdos, todos podem participar, embora os menores de 16 anos tenham de ser acompanhados por um adulto - até porque "o manuseio de uma tesoura de poda não deixa de ser perigoso e não é a primeira vez que ao cortar o cacho também se dá um golpezito no dedo que ficou atrás", admite a responsável.
    Como recompensa, todos os voluntários que tenham efetuado mais de sete horas de trabalho recebem, quando o vinho da campanha em que participaram estiver pronto a consumir, uma caixa de cinco litros deste néctar, e têm também a oportunidade de marcar presença num almoço coletivo no final das vindimas, durante o qual pode ser degustado o vinho da campanha anterior.
     
    As vindimas iniciaram-se a 20 de Agosto e deverão prolongar-se até à segunda quinzena de Setembro pelo que a campanha para angariar voluntários está, atualmente, a decorrer.

    Os interessados podem inscrever-se através do e-mailbotanicoajuda@isa.utl.pt, informando os dias em que estão disponíveis e devendo receber, depois, a respetiva confirmação.

    fonte