Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

descobrelc

descobrelc

  • Cultura   Música   Lisboa    Porto   Grátis   Agenda  Setembro

  • Saiba quais são as praias com bandeira azul em 2013.

     

    Este ano há 277 praias com Bandeira Azul, mais duas praias do que em 2012.

     

     

    A Associação Bandeira Azul da Europa apresentou a lista das praias, sendo que a região norte tem 67 praias com bandeira azul, o Centro tem 27, registando-se aqui pela primeira vez a atribuição deste galardão aos municípios de Góis e Penacova, o Tejo manteve as 49 e o Alentejo tem 25.

     

    No Algarve e como seria de esperar, continua a ter mais praias com a bandeira azul, no total são 69 praias.

     

    Os Açores têm este ano 27 praias  e a Madeira 13.

     

    A Bandeira Azul volta ainda a ser hasteada em 14 marinas, registando-se a saída da Marina da Praia da Vitória e a reentrada da Marina da Quinta do Lorde, na Madeira.

     

     

    As Bandeiras Azuis são atribuídas anualmente a praias e portos de recreio que cumpram um conjunto de critérios de natureza ambiental, de segurança e conforto dos utentes, informação e sensibilização ambiental.

     

     

    Para ver a lista completa das praias: http://www.abae.pt/BandeiraAzul/index.php?p=awarded&s=table

     

    Para saber a lista completa das marinas: http://www.abae.pt/BandeiraAzul/index.php?p=awarded&s=table#marinas

     

    fonte: sol.pt

     

    Porto na lista de destinos a visitar do “New York Times”

     

     

    O jornal “New York Times” publicou a sua lista dos 46 locais a visitar em 2013 e colocou o Porto em número 28, destacando as possibilidades de provar Vinho do Porto "a preços de vinho de mesa". 




    O "New York Times" destaca os novos hotéis e restaurantes da cidade, que deram "um lustro fresco a esta cidade protegida pela UNESCO onde as ruas estreitas e labirínticas, edifícios antigos e estudantes de capas negras inspiraram uma jovem professora de inglês que lá viveu nos anos 1990 chamada J.K. Rowling", a autora dos livros de Harry Potter. 


    ler arigo completo

    Este Domingo na Sic - Documentário da Historia Natural «Arrábida - da Serra ao Mar»

     

     

    «Arrábida - da Serra ao Mar» é um filme de história natural sobre a vida selvagem e outras riquezas naturais desta região de Portugal. Estreia este domingo, 6 de janeiro, na SIC.




    «Os intervenientes são os animais selvagens, as plantas e os fenómenos geológicos, que se reúnem nesta zona e criam um rico recanto onde a natureza ainda prospera», explica Ricardo Guerreira numa nota sobre o filme que agora estreia em televisão. «É uma história sobre o que há de belo e, por vezes, único na Arrábida, em que o foco são as histórias de vida destes protagonistas na esperança que o público conheça, ame e, no limite, se interesse pela sua conservação».


    «Arrábida- da Serra ao Mar» quer mostrar que a beleza do mundo natural pode estar mais perto do que julgamos. E se, no caminho, Ricardo e Luís conseguirem sensibilizar as pessoas para cuidar mais e melhor da natureza que as rodeia, tanto melhor.


    ler mais 



    "Óscares" do Turismo dão três prémios a Portugal

     "Óscares" do Turismo dão três prémios a Portugal

     

    Portugal conquistou, esta semana, três World Travel Awards, considerados os "Óscares" do turismo mundial, com a TAP e dois hotéis de luxo algarvios, Vila Joya e Conrad Algarve, a serem distinguidos numa cerimónia que decorreu na quarta-feira em Nova Deli, na Índia.

    Durante a gala, que juntou profissionais de várias áreas do turismo e de todas as partes do globo, o hotel Vila Joya, em Albufeira, arrecadou novamente o prémio de melhor resort boutique do mundo (galardão que ganha consecutivamente desde 2006), e o Conrad Algarve, inaugurado em Setembro deste ano, recebeu o título de melhor novo resort.

    Quanto à TAP, conquistou o prémio de melhor companhia aérea de ligações para a América do Sul, um galardão que confirma a posição da transportadora portuguesa como uma das melhores do mundo.


    http://boasnoticias.pt

    Inaugurado parque de diversões no gelo em Lisboa - com entrada Grátis.

     

     

    O «Ice Park Extreme» é um parque de diversões no gelo e está situado no Parque Eduardo VII, em Lisboa. A entrada é gratuita.



    Piruetas, gargalhadas e adrenalina são os condimentos para passar uma tarde no "Panda Biggs Ice Park Extreme", um parque de diversões no gelo, com entrada gratuita, situado no Parque Eduardo VII, em Lisboa.

     

    Com uma área total de 800 metros quadrados, o "Panda Biggs Ice Park Extreme" engloba uma pista de gelo de 200m2 e um Fun Slide de 40 metros e as infraestruturas estão indicadas para adultos e crianças, a partir dos 3 anos de idade.

     

    De acordo com o Panda Biggs, a iniciativa apresenta uma vertente solidária, graças à presença do Biggy Skating, equipamento disponível na tenda de solidariedade para ensinar os mais pequenos a patinar. "Uma percentagem do valor de aluguer irá reverter a favor da AMI e do Centro Social da Musgueira", indica.

     

    O parque vai estar aberto entre as 11:00 e as 19:00 nos dias úteis e aos fins-de-semana, à exceção nos dias 24 de dezembro (11:00 - 15:00) e 25 de dezembro (15:00 - 19:00), entre os dias 14 e 28 de dezembro.



    fonte: sapoTV


    Marisa no Martim Moniz - dia 5 de Outubro

     

     Marisa e Ana Maurício interpretarão fados para todos os gostos no Largo do Martim Moniz a partir das 21:30 H


    A partir das 14:00 h pode dar uma volta entre o Intendente e o Martim Moniz e ver as surpresas que esta zona lhe reserva, para compra ou arrendamento.
    Ás 17:00 h vá ao largo do Intendente e assista à inauguração do KIT GARDEN de Joana Vasconcelos.

    Seja o primeiro a sentar-se no jardim.

    Depois pode escolher o Largo do Intendente ou o do Martim Moniz para aproveitar estes dias de sol.

     

    O Mercado de Fusão oferece-lhe uma variedade de escolhas gastronómicas, e o Bar das Joanas música variada e eventos.

    Venha à Mouraria !

    A gastronomia Açoriana em Lisboa.

     

    A minha sugestão vai para Peter`s Café Sport, o sitio ideal para petiscar ao final da tarde e ver uma boa partida de Futebol. 

     

    Fica no Parque das Nações com uma excelente vista para o rio, uma boa esplanada e uma decoração fora do normal que torna o Peter´s um espaço muito original.

     

     

    Os preços são razoáveis, se aproveitando alguma das promoções consegue um menu com 2 sopas e 2 bifanas por apenas 5€. Uma imperial fica por 1,75€. Uma das coisas menos favoráveis do espaço é mesmo a simpatia, mas nada de muito grave. 

     

     

    Lisboa:Escolha o estilo que se adequa a si para Dançar- E dance Gratis

     

     

    Entre 10 e 14 de Setembro, a escola de dança lisboeta Dance Spot promove uma "Open Dance Week", que convida o público a experimentar aulas de diversos estilos de dança ministradas por profissionais de forma totalmente gratuita.


    Lisboa: Dance e escolha o estilo que se adequa a si


    Do jazz à kizomba, passando pelas danças de salão, pelo ballet e pelas danças contemporâneas e não esquecendo a salsa, o sapateado ou o hip-hop, a escola incentiva os curiosos a descobrir o estilo de dança que mais se adequa ao seu perfil. 
     


    De acordo com Rita Galo, diretora artística da Dança Spot, esta semana de dança é "para além de um programa divertido para fazer com os amigos, uma excelente oportunidade para quem gosta de dançar poder experimentar diferentes estilos de dança, conhecer a dinâmica das diferentes aulas, dos diferentes professores e da própria escola".


    A lotação das aulas é limitada a um número máximo de pessoas, pelo que se recomenda a inscrição na(s) aula(s) pretendidas com uma antecedência mínima de 24 horas, através do nº de telefone 915 773 155 ou do e-maildirecao@dancespot.pt. As aulas e os respetivos horários podem ser consultados no site da escola.


    ler noticia completa


    Lisboa na Rua: Cultura ao ar livre inunda a capital! de Agosto a Setembro todas as atividades Grátis

     

     

    Lisboa sai para a rua com uma iniciativa que traz a cultura para fora de portas. Espaços públicos da cidade servem de palco à música das orquestras de jazz, praças e jardins que se transformam em cenários perfeitos para se ouvir os sons do mundo, dos compositores mais eruditos, passando pelo jazz e pela pop. Nesta programação há ainda lugar para o cinema ao ar livre, dedicado aos cineastas portugueses 

    De 16 de Agosto até 16 de Setembro,concertos às 19:00, sessões de cinema às 22:00, em vários espaços públicos de Lisboa. 

     

     


    Entrada livre. 


    Sugestões

    16 Agosto, Largo do Intendente
    Big Band do Hot Clube

    18 Agosto, Jardim do Príncipe Real
    “Lisboa, Crónica Anedótica”, do realizador Leitão de Barros
    Com música ao vivo + dj set a partir das 02:00

    19 Agosto, Reservatório da Mãe d´Água
    Quinteto de Madeiras da Orquestra Metropolitano de Lisboa

    25 Agosto, Jardim Epal/Aqueduto das Águas Livres (Calçada da Quintinha)
    “Julian”, do realizador António Silva e “Xavier”, de Manuel Mozos
    Entre as 21:00 e as 22:00, o público pode visitar o aqueduto

    26 Agosto, Alameda Dom Afonso Henriques
    Quinteto de Madeiras da Orquestra Metropolitano de Lisboa

    30 Agosto, Jardim de Campolide
    Tora Tora Big Band


    Consutar toda a agenda: http://www.lisboanarua.com/



    As 10 melhores cidades do mundo para viver

    Se está a pensar ir viver para fora de Portugal, aqui fica algumas sugestões para onde pode ir. 

     

     

    Ranking tem em conta áreas verdes, bens culturais, poluição e expansão urbana. Nenhuma portuguesa consta da lista



    Hong Kong


    Veja a lista, por ordem:

    Hong Kong

    Tem quatro avaliações muito perto do valor máximo e é, por isso, a melhor cidade para viver, segundo este ranking. Porquê? Porque há uma coerência entre a superfície da região metropolitana e a população total, que ultrapassa os sete milhões. Depois, também a rede de transportes públicos, a quantidade de espaços verdes e os bens naturais também contribuíram para este lugar de destaque.

    Amesterdão

    Os bens naturais da capital holandesa, em particular o rio Amstel, dão a Amsterdão um belo segundo lugar. Com uma boa rede de transportes e uma rede de ciclovias que abrange toda a cidade, Amsterdão tem ainda outro ponto forte: o aeroporto da cidade é o quarto terminal mais importante da Europa, operando com mais de 100 empresas de aviação. De Amsterdão para o mundo: dali podemos viajar para 200 destinos.

    Osaka

    Esta cidade japonesa permanece na mesma posição em relação ao ranking anterior. É a terceira cidade com mais população do país, atrás de Yokohama e da capital Tóqui, que aparece em décimo lugar nesta lista.

    Paris

    Os jardins e parques de Paris são, em muito, responsáveis por este quarto lugar no ranking. Parque de la Villete, de Buttes Chaumont e Montsouris, os jardins do Trocadero e de Luxemburgo, e bosques de Boulogne e Vincennes são apenas alguns exemplos. A extensa rede de transportes públicos e os três aeroportos da cidade (Charles de Gaulle, Orly e Beouvals), também foram avaliados. E bens culturais não faltam.

    Sydney

    A Ópera de Sydney é um dos edifícios de espectáculo mais marcantes em todo o mundo e é, também, um dos símbolos da Austrália. A área metropolitana é rodeada de parques e as praias são outra das atrações desta cidade multicultural.

    Estocolmo

    Apesar da boa avaliação que conseguiu, dados os seus bens naturais, culturais, acessibilidades e em termos de poluição, a verdade é que esta cidade sueca caiu duas posições, ficando agora em sexto lugar. Mas nada lhe tira a imagem de uma das cidades mais bonitas da Europa.

    Berlim

    Esta é a cidade com a melhor avaliação no que toca a bens culturais.

    Muro de Berlim, Portão de Edimburgo, o Reichstag, que funciona como sede do parlamento, e a praça Alexanderplatz, bem que contribuíram para a elevada pontuação.

    Toronto

    Já ocupou a primeira posição, mas desta vez ficou em oitavo. O que falha é que a extensão das áreas urbanas tenha aumentado, sem que haja uma rede de transportes públicos que acompanhe essa evolução. Depois, há um incentivo ao uso de automóveis particulares.

    Munique

    O Parque Olímpico, Jardim Inglês e o Parque Hofgarten deram a esta cidade uma boa nota no item das áreas verdes. E é uma das cidades com maios qualidade de vida na Alemanha.

    Tóquio

    Marca pontos em termos de acessibilidades, mas peca em áreas verdes e bens naturais. Daí que tenha ficado no último lugar. Mas mesmo assim, é das melhores para viver, segundo o ranking da «The Economist».



    iol.pt