Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

descobrelc

descobrelc

Como passar ferias baratas .

Em tempos de crise, temos que evitar gastar muito dinheiro nas ferias e para isso, eu vou dar-lhe algumas sugestões de como viajar de forma mais barata.

 

 

Hoje em dia torna-se mais fácil  planear as suas ferias de forma económica pela Internet, assim como fazer uma pesquisa sobre os pontos de interesse de cada cidade, como opiniões de pessoas que já visitaram essas cidades.

 

A minha primeira sugestão é para quem não tem muito tempo de procurar na internet a forma mais barata de viajar.  

Basta clicar em http://www.bananatrips.pt  escolher o destino e fica logo a saber o preço médio de voo, hotel e aluguer de carro. Mas se quiser mesmo fazer o pedido de pesquisa, o bananatrips indica-lhe o melhor hotel para a categoria que pretende e o voo mais económico para lá chegar. Invariavelmente consegue valores mais acessíveis do que os indicados como preço médio. Envia-lhe tudo por mail e depois tem de ser o cliente a marcar através dos sites apresentados.

Por uma pesquisa de voos o bananatrips cobra seis euros, independentemente do número de voos e do número de pessoas. Se quiser também a melhor sugestão de hotel dentro da categoria pretendida paga mais seis euros e uma pesquisa de aluguer de carro três euros.

 

A minha segundo sugestão são companhias low cost , para quem pretende viajar para as melhores cidades da Europa, da forma mais barata .

 

http://www.ryanair.com/site/PT/"   neste site vão encontrar viagens realmente muito baratas para as principais cidades da Europa, assim como também poderá fazer uma pesquisa pelos hotéis mais baratos das cidades. Esteja atento ás promoções.

A única possível desvantagem é que esta companhia só faz partidas do Porto e de Faro.

 

 

http://www.easyjet.com/PT/ esta companhia low cost também tem voos muito económicos, esteja atento ás promoções, costuma ter boas promoções de voos para a Madeira, uma óptima oportunidade para conhecer a ilha.

 

http://netviagens.sapo.pt/   

 

 

 

BANNER ESPANHA 250 x 250

 


 

 

A minha terceira sugestão vai para o alojamento, se pretende passar ferias em Portugal é sempre mais barato ficar em pousadas, e porque não procurar a aventura em parques de campismo.


http://pt.rentalia.com/  Rentalia.com oferece-lhe um pesquisador de casas de férias com quintas, chalets, vivendas, casas e apartamentos para alugar em Portugal, Espanha, Italia e Andorra. Oferece os melhores preços: contacte directamente com o proprietário, sem intermediários nem comissões.

 

 http://www.pousadas.pt/historicalhotels/PT  Aqui vai encontrar várias pousadas de Portugal

 

http://www.roteiro-campista.pt/   Aqui vai encontrar toda as informações para acampar em Portugal.

 

 

 A minha quarta sugestão é procurar opiniões dos sítios que quer visitar.

http://www.eujafui.com.br/  neste site troca-se ideias, opiniões e experiências sobre viagens.

 

 

 

Ideias sugestões e criticas são bem vindas .

 

Viseu - O coração da Beira Alta

 

 

 Viseu

 

Viseu é uma cidade portuguesa[1], capital do Distrito de Viseu, na região Centro e subregião de Dão-Lafões, com 47 250 habitantes[2] (68.000 no perímetro urbano).[carece de fontes?]

É sede de um município com 507,10 km² de área[3], com 34 freguesias e 98 167 habitantes segundo os últimos dados do INE de 2006. O município é limitado a norte pelo município de Castro Daire, a nordeste por Vila Nova de Paiva, a leste por Sátão e Penalva do Castelo, a sueste por Mangualde e Nelas, a sul por Carregal do Sal, a sudoeste por Tondela, a oeste por Vouzela e a noroeste por São Pedro do Sul.

Para além de sede de distrito e de concelho, Viseu é igualmente sede de Diocese e de Comarca. Alberga inúmeros serviços estatais.

Segundo um estudo da DECO de 2007, Viseu é a melhor cidade, entre as 76 do estudo, para se viver em Portugal[4].

 

INFORMAÇÃO GERAL

 

Viseu tem sido apropriadamente chamada "Cidade do Verde Pinho", pois está rodeada de imensos pinheirais que parecem exercer a sua influência tranquila sobre a simpática e animada capital de distrito.

Foi berço de um dos maiores artistas portugueses do século XVI: Grão Vasco (1475-1540), que dá hoje nome a um museu, um hotel e até uma marca de vinho. O museu, instalado no antigo paço episcopal, exibe algumas das suas obras-primas e quadros de outros pintores da época da escola de Viseu.

Os visitantes podem ainda admirar a Porta do Soar de Cima, aberta na cerca afonsina do século XV, a graciosa fachada em estilo rococó da Igreja da Misericórdia, ou a catedral do século XVII, com as suas torres gémeas.

A encantadora cidade antiga exibe um labirinto de ruelas onde ainda se podem descobrir janelas manuelinas, velhas oficinas de latoeiros e curiosas lojinhas baixas.

Todas as terças-feiras, a cidade fervilha com o mercado, mas em Setembro a feira prolonga-se por todo o mês e atrai milhares de visitantes.

Através do concelho, inúmeras aldeias pitorescas ainda conservam as suas casas com as características varandas em madeira, e belos solares erguem-se nas quintas.

O artesanato inclui cestaria de verga e vime e renda de bilros.

Viseu é conhecida pelos seus óptimos restaurantes, onde pratos tradicionais portugueses são servidos em grande variedade e abundância.

Capital de Distrito, situada em plena Beira Alta, teve a sua origem numa povoação situada no cimo do monte onde se situa a Sé. Já durante a ocupação romana era a capital de um grande território.

Viseu é o centro de amplo planalto entre o Caramulo e a Estrela, a Estrela que o distrito não atinge, cortado no Mondego. Saudável clima onde chegam os ares do mar para povoarem tudo de pinheiros. Há milho e centeio, pomares de macieiras, vinhos do Dão, macios e apalhetados, laranjais em Besteiros. Há mil aldeias quase todas à sombra de um campanário. Foram terras de fidalgos antigos que deixaram, quase sempre, os palácios abandonados.

Localização

GEOGRAFIA

O Distrito de Viseu situa-se na Região Centro/Norte de Portugal, a sul do Rio Douro entre os Distritos da Guarda a oriente, Aveiro a ocidente e Coimbra a sul. Com 5.007 Km2 de superfície, abrange 24 concelhos e, tomando como referência a Sé de Viseu, compreende as seguintes coordenadas geográficas: latitude 40º 39' 40" N, longitude 07º 54' 42" W, altitude 450 metros.

A parte norte e nordeste é atravessada pelas serras da Lapa, Leomil e Montemuro para Norte das quais se estende a bacia hidrográfica do rio Douro e seus afluentes. A área ocidental do distrito é dividida pelo rio Vouga, sobressaindo a norte as serras de S. Macário, Arada e Gralheira e a sul as serras das Talhada e Caramulo. A sul e sudeste localiza-se a bacia do rio Mondego e a do seu afluente rio Dão.

 

 

Museus

TURISMO

Os seus monumentos o obras de arte são do maior interesse para o visitante. O Museu Grão Vasco, a Casa-Museu Almeida Moreira, a Sé Catedral, as suas variadíssimas e lindas igrejas, os seus palácios, magníficos exemplares da construção dos séculos XVI a XVIII e a Cava de Viriato, importante intricheiramento militar Romano, são visitas que se recomendam. ...

 

 


Ver artigo principal: Museu Grão Vasco

As pinturas de Vasco Fernandes e de outros artistas da escola de Viseu, são apreciadas pelo seu naturalismo e pelas paisagens de fundo. O tratamento da luz revela uma influência flamenga. No terceiro piso do museu são exibidas as obras-primas que outrora adornavam um retábulo da catedral.

 

Casa Museu Almeida Moreira
Ver artigo principal: Casa Museu Almeida Moreira

O museu está instalado na casa que foi residência do capitão Francisco António de Almeida Moreira, a qual, com o recheio constituído por biblioteca e peças várias, pinturas, mobiliário, porcelanas e escultura, doou para museu-biblioteca patente ao público.

 


 

 Locais de Interesse Turístico

 

Centro Histórico

 

Viseu

 

Gastronomia

 

Rica e variada, a gastronomia tradicional desta região é um dos seus principais atractivos.
Os sabores da Sopa da Beira ou do Caldo Verde, das Migas à Lagareiro, do Arroz de Carqueja, do Rancho à Moda de Viseu, da Vitela Assada à Moda de Lafões, do Bacalhau ou do Polvo Assados à Lagareiro, do Cabrito Assado, do Arroz de Lampreia, das Trutas do Paiva, do Arroz de Pato, do Presunto, dos Enchidos (morcela, chouriça, farinheira)... fazem a delícia dos apreciadores.

As variedades de Pão:  pão de mistura, de centeio, brôa de milho acompanham a refeição ou o Queijo da Serra.
Com base em receitas antigas, o doce pode ser Leite Creme ou Arroz Doce à Moda da Aldeia, Pudim de Requeijão ou de Pão, Papas de Milho, ou uma variedade de bolinhos e pastéis tradicionais “de comer e chorar por mais”: Pastéis de Vouzela, Castanhas de Ovos de Viseu, Pastéis de Feijão do Patronato de Mangualde, Caçoilinhos do Vouga, Beijinhos, Cavacas...

 

 

  PRODUTOS REGIONAIS, VINHOS, RECEITAS

 

 

Vida Nocturna

 

 

Mobilidade / Transportes

 

Alojamento

 

 

 

Fotos:

 

Viseu Shopping Mall


Viseu Shopping Mall

 

http://paradadegonta.blogs.sapo.pt/arquivo/Jardim%20Tomas%20Ribeiro.Viseu.%20Egreja%20Terceiros%20e%20Tribunal.jpg

 

Jardim Tomas Ribeiro.Viseu. Egreja Terceiros e Tribunal

 

 

 

links:

 

http://www.cm-viseu.pt

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Viseu

 

http://www.viseu.tv/

 

http://www.cidadeviseu.com/

 

http://fotosviseu.blogspot.com/

 

http://www.diarioviseu.pt/

 

 

http://maps.google.com/

 

 

http://cidades.home.sapo.pt/beira_alta/viseu/