Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

descobrelc

descobrelc

  • Cultura   Música   Lisboa    Porto   Grátis   Agenda  Setembro

  • Descobre a Lagoa das Sete Cidades! (turismo)

     

    https://1.bp.blogspot.com/_ZedoPcI5fak/ST_bBMZ2VNI/AAAAAAAAALg/nUuj6MfgVfk/s320/Aspas.jpg

    Situada na ilha de São Miguel, a Lagoa das Sete Cidades é o maior lago de água doce do Arquipélago dos Açores, com um comprimento de 4,2 Km2 e uma profundidade que atinge os 33 metros. Declarada uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, na categoria de Zonas Aquáticas Não Marinhas, é composta por duas lagoas - a Lagoa Verde e a Lagoa Azul - ligadas entre si e envolvidas por um cenário de cortar a respiração.

     

    Classificada como Paisagem Protegida da Rede Natura 2000, esta maravilha natural encontra-se rodeada de uma extensa área verdejante e belíssimas encostas escarpadas, cobertas de árvores e flores.

     

    Situada na parte plana da margem da Lagoa Azul encontra-se a freguesia das Sete Cidades, a qual não deve, igualmente, deixar de visitar

     

     

    A não perder!

    Lagoa de Santiago
    Na Serra Devassa, a apenas cerca de um quilómetro da Lagoa das Sete Cidades, pode visitar a Lagoa de Santiago. Envolvida por verdejantes escarpas montanhosas, plenas de riqueza e de diferentes espécies de fauna e flora, esta lagoa ocupa uma cratera vulcânica, bem visível através do Miradouro da Lagoa do Canário, um local de igual beleza e através do qual se consegue ver um sem fim de espaços verdes.

     

    Jardim António Borges
    Em Ponta Delgada, a cerca de 15 quilómetros da Lagoa das Sete Cidades, pode visitar o Jardim António Borges, um dos maiores espaços verdes da cidade, que retrata o espírito romântico e pitoresco do século XIX.

     

    Roteiro Escape.pt:
    Onde dormir no concelho de Ponta Delgada
    Onde comer no concelho de Ponta Delgada

     

    ver informações completas:

     

    fotos

     

     

     

     

     

     

    mais fotos

     

     

    outros links: http://www.flickr.com/groups/smiguel_ilha_verde/discuss/72157601930909908/

    http://www.trekearth.com/gallery/Europe/Portugal/Islands/Acores/Sete_Cidades/photo639055.htm

    Parque Natural da Arrábida - Um património a preservar

     

    O Parque Natural da Arrábida é uma reserva biogenética situada na Serra da Arrábida, no distrito de Setúbal, em Portugal.

     

     

     

     

    O Parque Natural da Arrábida, fundado em 1976, com uma área aproximada de 10 800 hectares, protegendo a vegetação maquis de tipo mediterrânico nascida deste microclima com semelhanças a regiões Adriáticas, como a Dalmácia. A fauna é bastante diversificada, apesar de ter sofrido grandes alterações desde o século XIX. Até ao início do século XX era ainda possível observar lobos, javalis e veados. O Parque natural está integrado em redes internacionais de conservação. Todo o seu território está classificado como Sítio de Especial Interesse para a Conservação da Natureza - Biótopo CORINE. Inclui várias áreas de Reserva Integral, como a Mata do Solitário, Mata do Vidal e Mata Coberta.

     

    Fauna

    A Serra da Arrábida é o único ponto da costa portuguesa onde nidifica a rara Águia de Bonelli

     

     

     

    Estão registadas no Parque Natural da Arrábida um número considerável de espécies, num total de 213 de vertebrados: 8 anfíbios, 16 répteis, 154 aves e 35 mamíferos.

     

     

    A Originalidade da paisagem deve-se não só às suas características naturais mas também à remota humanização destes espaços, que de uma maneira geral se foi desenvolvendo em harmonia com o ambiente natural. O conjunto de acidentes de relevo que constituem a cadeia Arrábida, inclui elevações como as Serras de S.Luís, Gaiteiros, S.Francisco e Louro, atingindo o mais elevado expoente com a Serra da Arrábida, de constituição calcária, local onde se verifica o contacto com o mar.
    O Parque Natural da Arrábida foi criado pela urgência de preservação de valores naturais, históricos e económicos, apresentando-se como uma área de revitalização dos espaços rurais e actividades tradicionais, onde o fabrico do queijo de Azeitão e vinhos de mesa, são mostras da perfeita integração no meio e da vida comunitária da população. Igualmente os valores históricos, como o Convento da Arrábida, incluem o elemento humano no ambiente valorizando um contacto consciente e equilibrado do Homem com a paisagem.

     

     

    Como chegar

     

    O Parque Natural da Arrábida dista cerca de 50 km do aeroporto de Lisboa e está servido por uma boa rede de acessos viários, ligando-o ao Norte e Sul do país, assim como a Espanha.

    Distâncias
    Lisboa – Setúbal: 50 km
    Porto – Setúbal: 351 km
    Faro – Setúbal: 245 km

    Sede
    Pr. da República
    2900-587 SETÚBAL

     

     

    saber mais

     

     

    Lazer

     

    Percursos

    Os percursos pedestres no Parque Natural da Arrábida foram reformulados e resinalizados (assim como, naturalmente, o guia de percursos). No entanto, existem percursos assinalados no campo.


    Observação de aves

    Qualquer pessoa pode praticar observação de aves. Tudo o que é necessário é um par de binóculos e um bom guia de campo para ajudar a identificar as diferentes espécies de aves que aparecem no Parque Natural da Arrábida. 


    Visitas guiadas

    Os guardas e vigilantes do Parque conduzem visitas de estudo pelo Parque durante todo o ano. São aceites marcações apenas de grupos escolares ou universitários. Estas visitas são pagas. Para marcações, contacte a Sede do Parque Natural.


    No entanto, existem várias associações e empresas que organizam passeios e actividades no Parque. 

    Mais informações : http://www.azeitao.net/arrabida/pna/

     

    Fotos

    http://www.wandeleninportugal.info/images/k_arrabida_middel.jpg

     

     

     

     

     

     

     

     

    Videos

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Links

     

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_Natural_da_Arr%C3%A1bida

     

    http://www.azeitao.net/arrabida/pna/

     

    http://www.setubalnarede.pt/content/index.php?action=detailFo&rec=1230


    http://www.associacaomundodacorrida.com/PR14_Arrabida.htm

     

     

    O Parque Natural da Arrábida é uma reserva biogenética situada na Serra da Arrábida, no distrito de Setúbal, em Portugal.

    Queda do Vigário (Loulé) um sitio lindo para se visitar.

    Queda do Vigário

     

    A Queda do Vigário é uma queda de água da ribeira de Alte, que nasce na Quinta do Freixo, junta-se com a ribeira de Algibre perto de Paderne, formando a ribeira de Quarteira.

    A Queda do Vigário despenha-se a pique a 24 metros de altura caindo num grande lago que se assemelha a um alguidar, num local de grande beleza natural.

     

     

    O terreno envolvente à Queda do Vigário foi adquirido, a particulares, pela Câmara Municipal de Loulé em 2002, que executou, posteriormente, obras com vista à criação de acesso, zona de lazer, parque de merendas e um edifício de apoio.
    O espaço sofreu remodelações recentes, tornando-o ainda mais aprazível e propicio a momentos de lazer.

    O acesso a este bonito espaço faz-se, após o estacionamento, junto ao cemitério de Alte, numa descida de cerca de 300 metros.

     

    https://1.bp.blogspot.com/_xhKoGj4tlQo/R6Y6u9cUMJI/AAAAAAAAALY/83hhanCEzpY/s400/vigario3.JPG

     

     

     

     

     

     

    links:

     

    http://aboutportugal-dylan.blogspot.com/2009/07/queda-do-vigario-alte-loule.html

     

    http://www.guiadacidade.pt/portugal/index.php?G=monumentos.ver&artid=17358&distritoid=08

     

    http://mundodeimagens.com/locais/queda-do-vigario/

     

     

     

     

    Descobre Vale do Douro a obra-prima da natureza

     

    http://www.diariodetrasosmontes.com/images/noticias/dourovistas.jpg

     

    Vale do Douro representa a Região do Douro no concurso das Sete maravilhas de Portugal.

     

    O Vale do Douro, compreendido entre Barqueiros e a fronteira espanhola, é uma aventura de três séculos de trabalho e paixão pela terra.

    A região estende-se por 250 000 ha, mas a vinha ocupa 40 000 ha nas bacias profundas encaixadas do Douro e seus afluentes: o Corgo, o Torto, O Pinhão, o Tua, o Côa, entre outros. O todo esta dividido em três sub-regiões – o Baixo Corgo a oeste, no centro o Cima-Corgo e a leste o Douro Superior – com variadas expressões mesoclimáticas, mas sempre com invernos frios e verões quentes e secos.

     

     

     

    Séculos de labuta, fadiga e suor humano, desventraram a terra, removeram o xisto maciço, moldaram os muros e patamares de socalcos para arrimar as videiras, erguendo esta obra colossal, que Marquês de Pombal recompensaria, no século XVIII, com o título de primeira Região Demarcada do mundo.

     

     

    A arte e os segredos de fazer o vinho passaram de pais para filhos e a fama do Vinho do Porto atravessou fronteiras. Fez as delícias dos ingleses, que desde o século XVII, o importavam desde a cidade do Porto para onde seguia em pipas, rio abaixo, nos barcos rabelos, o mesmo rio que viu crescer nas suas encostas, vilas e cidades e prosperarem solares, quintas majestosas, hotéis e unidades de turismo rural.

     

     

    O Vale do Douro conta já com um forte reconhecimento nacional e internacional, tendo sido classificado como Património Mundial pela UNESCO, em 2001.

     

    O ano passado foi considerada uma das 77 maravilhas naturais do mundo e a National Geographic Society considerou o vale como o 7.º melhor destino europeu para turismo sustentável e o 16.º a nível mundial, entre 133 candidatos. A mesma sociedade atribuiu ao Douro 76 pontos num total de 85 (valor obtido pelos fiordes noruegueses), classificando-a à frente da Toscânia, na Itália, e do centro histórico de Salzburgo, na Áustria.

     

    Onde dormir :CLIQUE AQUI

     

    8 unidades de alojamento (pousadas, hotéis, pensões, residenciais, motéis, apartotéis, apartamentos, aldeamentos, turismo rural e casas particulares)

     

    Onde comer (Alijó) CLIQUE AQUI

     

    Como chegar CLIQUE AQUI

     

     

    Vale do Douro / Douro Valley (Fonte/font: http://www.nobhill.com.br/admin/repositorio/douro.jpg)

     

     

    Barca D'alva.jpg

     

     

    http://portocidade.info/Imagens/Roteiro/cruzeiro_douro.gif

     

     

    O barco que sobe o Douro leva turistas e passa pela célebre quinta do Vale Meão, mandada plantar pela D. Antónia Ferreirinha  e que dá o melhor vinho do Mundo denominado Barca Velha.

    Dizia-se que a D. Antónia era tão "aproveitada" que só dos bagos fez 500 almudes de vinho. (do cango é que não fazia, de certeza).

    http://valdanta.blogs.sapo.pt/79906.html

     

     

     

    links:

     

    http://www.averdade.com

     

    http://douro-turismo.pt/

     

    http://www.portoturismo.pt

     

    http://www.douronet.pt

     

    http://www.amvdn.pt

     

    http://viajar.clix.pt/fotos.php?id=886&lg=pt

    Ganha um carregamento grátis para o teu telemóvel !