Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

descobrelc

descobrelc

Chamusca uma Vila do Ribatejo para descobrir.

 

A Chamusca é uma vila que pertence ao distrito de Santarém, com cerca de 3 300 habitantes. Situa-se entre Vila Nova da Barquinha, Abrantes, Coruche, Santarém e Golegã. 

 

É sem dúvida uma vila pequena em que não falta nada, podemos facilmente chegar ao teatro, piscinas, biblioteca, jardins entre outros serviços sempre andando a pé. Sitio muito calmo rodeado por natureza e com o rio Tejo sempre no horizonte. 

 

Mas para chegar à chamusca passamos pela Golegã, a capital do cavalo mas sem cavalos, ou melhor, pela estrada o que não falta é placas com cavalos, retundas com cavalos, mas cavalos asério nem velos, pelos menos nos campos por onde passamos. Mesmo a chegar à chamusca encontra-se uma ponte de ferro muito bonita onde passamos o rio tejo. 

 

 

 

As estradas estreitas rodeadas de grandes arvores, prolongam-se pela berma do rio, com largos muito bonitos para fazer um piquenique ou passar umas horas de descanso, ou até mesmo navegar um pouco na internet (apesar de estarmos rodeados de natureza as redes móveis são boas).  

 

 

 

 

Para jantar recomendo " O Poiso do Bezouro" com comida tradicional e típica da região,

 

 

 

para beber café durante a tarde ou uma bebida depois de jantar recomendo o bar "RD" da rua direita.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A praia do "Porto das Mulheres" contém um grande areal onde é possível apanhar banhos de sol. 

 

 

 

 

O jardim da Chamusca 

 

 

Viagem pela região demarcada mais antiga do mundo: Museu do Douro

Da arte, ao vinho, sem nunca esquecer a tradição. É o convite que faz o Museu do Douro, no Peso da Régua, aos visitantes. Uma viagem que começa no edifíco sede, com exposições de pintura. Pelo meio pode parar para desfrutar da paisagem envolvente da varanda do edifício ou apreciar um bom vinho no Wine Bar.

 

Actualmente, a galeria principal acolhe os quadros de Joaquim Lopes, pintor que retratou as paisagens e costumes do Vale do Douro nas décadas de 30 e 40, além da 5ª Bienal de Gravuras.

Numa sala exterior ao edifício, com entrada livre, há ainda uma exposição dedicada ao artista catalão António Tàpies. O espaço ao ar livre conta com uma esplanada. Aí também é possível apreciar as marcas das cheias do rio Douro, que hoje em dia já não sobe os muros do Museu.

 

 

Para visitar a exposição permanente do Museu do Douro, desce-se a rua da sede, atravessa-se outra e chega-se ao Solar do Vinho do Porto.

 

Videos


 

 

 

Links

http://www.museudodouro.pt/

 

http://noticias.sapo.pt/info/artigo/1093319.html

 

http://noticias.sapo.pt/info/artigo/1093325.html

 

Visite a praia de Azibo, a praia mais “azul” da Europa

 

A Albufeira do Azibo é um dos locais turísticos mais procurados no Nordeste Transmontano, pese embora, a nível nacional, ainda sejam poucos aqueles que conhecem este verdadeiro “oásis” nascido pela mão do homem num local que já foi uma espécie de “deserto”.

 

 

A PPAA ocupa uma área de 3327,146 ha e está localizada, na sua quase totalidade, no Concelho de Macedo de Cavaleiros, abrangendo as freguesias de Vale da Porca, Santa Combinha, Podence, Salselas, Vale de Prados e Quintela de Lampaças do Concelho de Bragança. (ver o mapa)

 

 

Conta com infra-estruturas de acesso a pessoas portadoras de deficiência e dispõe ainda de todos os equipamentos e serviços de apoio a veraneantes. Envolve-a a paisagem protegida da Albufeira do Azibo, tornando-a uma zona de rara beleza e enorme riqueza paisagística e biológica.

 

Construída nos anos 70, a barragem foi pensada para suprir as carências de água do concelho macedense e para servir a agricultura, através da rega por gravidade para todo o vale de Macedo de Cavaleiros, Brinço, Cortiços e Chacim. Mas quando o empreendimento foi concluído, rapidamente as populações locais começaram a acorrer ao local, atraídas pelo enorme espelho de água.

 

Com a criação das praias fluviais, a construção dos acessos, de um cais de embarcação e de um parque de merendas, a Albufeira tornou-se num sítio verdadeiramente atractivo e que convida ao descanso.

 

Em volta do grande lago foram depositadas toneladas de areia e construídos equipamentos públicos para fruição e lazer. Vários nadadores-salvadores asseguram a segurança das praias, promovendo  as boas práticas e fornecendo conselhos e informações aos veraneantes.

 

Como chegar:

A Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo (PPAA) está situada a 2 km da Cidade de Macedo de Cavaleiros e a 30 km de Bragança. O melhor acesso a Macedo de Cavaleiros é pelo IP4 e IP2, ou de avião através do aeródromo de Bragança.

Onde Ficar

O alojamento continua a ser uma lacuna que a autarquia pretende suprimir. Os visitantes podem ficar nas muitas unidades de turismo de habitação existentes no concelho bem como nas unidades de alojamento da cidade.

O alargamento da oferta pode passar pela construção de um parque de campismo, uma infra-estrutura que poderá vir a ser construída por privados, desde que autorizada pelas entidades que gerem a Paisagem Protegida.

 

 

 

 

 

 

 

links :

http://noticias.sapo.pt/especial/verao_2010/2010/07/26/azibo_a_praia_mais_azul_da_eu/index.html

http://www.azibo.org/intro.html

http://br.olhares.com/albufeira_do_azibo_7_foto2134317.html

 

 

 

 

 

 

 

Descobre Vale do Douro a obra-prima da natureza

 

http://www.diariodetrasosmontes.com/images/noticias/dourovistas.jpg

 

Vale do Douro representa a Região do Douro no concurso das Sete maravilhas de Portugal.

 

O Vale do Douro, compreendido entre Barqueiros e a fronteira espanhola, é uma aventura de três séculos de trabalho e paixão pela terra.

A região estende-se por 250 000 ha, mas a vinha ocupa 40 000 ha nas bacias profundas encaixadas do Douro e seus afluentes: o Corgo, o Torto, O Pinhão, o Tua, o Côa, entre outros. O todo esta dividido em três sub-regiões – o Baixo Corgo a oeste, no centro o Cima-Corgo e a leste o Douro Superior – com variadas expressões mesoclimáticas, mas sempre com invernos frios e verões quentes e secos.

 

 

 

Séculos de labuta, fadiga e suor humano, desventraram a terra, removeram o xisto maciço, moldaram os muros e patamares de socalcos para arrimar as videiras, erguendo esta obra colossal, que Marquês de Pombal recompensaria, no século XVIII, com o título de primeira Região Demarcada do mundo.

 

 

A arte e os segredos de fazer o vinho passaram de pais para filhos e a fama do Vinho do Porto atravessou fronteiras. Fez as delícias dos ingleses, que desde o século XVII, o importavam desde a cidade do Porto para onde seguia em pipas, rio abaixo, nos barcos rabelos, o mesmo rio que viu crescer nas suas encostas, vilas e cidades e prosperarem solares, quintas majestosas, hotéis e unidades de turismo rural.

 

 

O Vale do Douro conta já com um forte reconhecimento nacional e internacional, tendo sido classificado como Património Mundial pela UNESCO, em 2001.

 

O ano passado foi considerada uma das 77 maravilhas naturais do mundo e a National Geographic Society considerou o vale como o 7.º melhor destino europeu para turismo sustentável e o 16.º a nível mundial, entre 133 candidatos. A mesma sociedade atribuiu ao Douro 76 pontos num total de 85 (valor obtido pelos fiordes noruegueses), classificando-a à frente da Toscânia, na Itália, e do centro histórico de Salzburgo, na Áustria.

 

Onde dormir :CLIQUE AQUI

 

8 unidades de alojamento (pousadas, hotéis, pensões, residenciais, motéis, apartotéis, apartamentos, aldeamentos, turismo rural e casas particulares)

 

Onde comer (Alijó) CLIQUE AQUI

 

Como chegar CLIQUE AQUI

 

 

Vale do Douro / Douro Valley (Fonte/font: http://www.nobhill.com.br/admin/repositorio/douro.jpg)

 

 

Barca D'alva.jpg

 

 

http://portocidade.info/Imagens/Roteiro/cruzeiro_douro.gif

 

 

O barco que sobe o Douro leva turistas e passa pela célebre quinta do Vale Meão, mandada plantar pela D. Antónia Ferreirinha  e que dá o melhor vinho do Mundo denominado Barca Velha.

Dizia-se que a D. Antónia era tão "aproveitada" que só dos bagos fez 500 almudes de vinho. (do cango é que não fazia, de certeza).

http://valdanta.blogs.sapo.pt/79906.html

 

 

 

links:

 

http://www.averdade.com

 

http://douro-turismo.pt/

 

http://www.portoturismo.pt

 

http://www.douronet.pt

 

http://www.amvdn.pt

 

http://viajar.clix.pt/fotos.php?id=886&lg=pt

Ganha um carregamento grátis para o teu telemóvel !

A barragem de Castelo do Bode

 
 

 

 

A barragem de Castelo do Bode é uma das mais importante barragens portuguesas. Faz parte do conjunto de barragens da bacia do rio Zêzere, em Portugal, tendo a montante a barragem da Bouçã. Situa-se nos limites dos concelhos de Tomar e Abrantes no distrito de Santarém. É uma das mais altas construções de Portugal.

A barragem de Castelo de Bode é utilizada para abastecimento de água, designadamente a Lisboa, produção de energia eléctrica, defesa contras as cheia e actividades recreativas. É utilizada pelos adeptos de desportos como o windsurf, vela, remo, motonáutica e jet ski, bem da pesca desportiva (truta, achigã, enguias e lagostim vermelho).


http://pt.wikipedia.org/wiki/Barragem_de_Castelo_de_Bode

 

   
 
 
 
     
 
RESTAURANTES
Restaurante Indiano Calça Perra Taj
Restaurante A Bela Vista
Restaurante O Picadeiro
 
     
 
     
 
ALOJAMENTO
Parque de Campismo do Redondo
Paraíso Azul
Quinta de São José dos Montes
 
     
 
     
 
NATUREZA
Miradouro do Santuário de Nossa Senhora da Piedade
Barragem de Castelo de Bode
Parque do Açude de Pedra

http://www.lifecooler.pt/edicoes/lifecooler/ch_desenvReg.asp?reg=352747

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O parque goza ainda de uma zona fluvial para banhos e excelentes mergulhos. Este é sem dúvida um parque a ter em conta para quem gosta de aproveitar os dias quentes de Verão fora da confusão e calor das praias do Algarve, e na falta de mar, a barragem serve perfeitamente, quer para o belo do mergulho quer para a prática de muitas actividades náuticas ali praticadas.
 
A Albufeira do Castelo do Bode é a maior bacia hidrográfica do país. A sua envolvência natural de rara beleza é um misto de calma e de puro divertimento consoante as aptidões e desejos de cada um.
 
Seja pura e simplesmente para relaxar, seja para passeios campestres ou para a prática do Mergulho, o Windsurf ou o Ski Aquático, a Albufeira do Castelo do Bode tem muitas opções para lhe oferecer.
A permanência nesta zona fica garantida pela existência de alojamento variado que agrada a todos: se for amante do campismo encontra aqui um local onde poderá permanecer em segurança e com todas as condições de conforto e higiene indispensáveis; se preferir a comodidade do seu lar, encontrará na Estalagem do Empreendimento Turístico Vale Manso o seu local de eleição.

Beleza natural
Zona turística por excelência, Castelo de Bode é a maior bacia hidrográfica do país. O verde da sua imensa mata de pinhal e o azul das águas da sua albufeira, salpicada por pequenas ilhas, fazem de Castelo de Bode um local de rara beleza. As paisagens que se avistam das margens da barragem, especialmente em frente à ilha do Lombo, são paradisíacas.
 
Como chegar
De automóvel. Partindo de Lisboa vá pela A-1 até encontrar o desvio para o IP6 - em direcção a Torres Novas; depois é só seguir as indicações em direcção a Tomar. Para quem vem do Porto, segue também pela A-1, saindo para o IP6, em direcção a Torres Novas, fazendo de forma idêntica o restante percurso.
 
 

Descubra Santo Tirso

Brasão de Santo Tirso



Santo Tirso é uma cidade portuguesa pertencente ao Distrito do Porto, Região Norte e subregião do Ave, com cerca de 14 000 habitantes.

É sede de um município com 135,31 km² de área e 72 396 habitantes (2001), subdividido em 24 freguesias. O município é limitado a norte pelos municípios de Vila Nova de Famalicão e de Guimarães, a nordeste por Vizela, a leste por Lousada, a sueste por Paços de Ferreira, a sul por Valongo, a sudoeste pela Maia e a oeste pela Trofa. Outro importante pólo concelhio é a Vila das Aves.

Até 1834 constituiu o couto de Santo Tirso que era composto pelas freguesias de Santo Tirso, São Miguel do Couto e Santa Cristina do Couto. Até 1998 o actual concelho da Trofa esteve integrado no de Santo Tirso, que era por isso um dos 10 mais populosos do país.


http://pt.wikipedia.org/wiki/Santo_Tirso


Santo Tirso
Largo Cor.Baptista Coelho


Turismo

 

Santo Tirso conVida   

O Concelho de Santo Tirso usufrui de uma paisagem deslumbrante, "...onde cada lugar é um jardim e uma janela aberta sobre a verdejante paisagem, de recorte minhoto..." .

A par da sua beleza natural, o concelho de Santo Tirso reúne um rico património histórico-cultural de realce.

A gastronomia e a doçaria do concelho, com especial destaque para os pastéis jesuítas, limonetes, as bolachas conventuais de Santa Escolástica, o Licôr de Singeverga e a produção de vinhos verdes, representam também uma das potencialidades da região.

Ciente destes recursos turísticos, a autarquia promove anualmente um vasto programa de actividades e eventos.

 

Serviços de Turismo
Praça 25 de Abril
4780-373 Santo Tirso
Telef. 252830411
Fax. 252859267
http://www.cm-stirso.pt/
e-mail: turismo@cm-stirso.pt

 

 

 


Restaurantes e Hoteis

 

Av Sousa Cruz, 923
4780-365 Santo Tirso

A COZINHA DO AVE
R Dr. Alexandre Lima Carneiro, 131
4780-023 Areias
Telef.252862588

ADEGA AMARELA
R. Manuel Sousa Oliveira, 166
4795-476  S. Martinho do Campo
Telef.252843336

ADEGA REGIONAL 2000
R. das Carvalheiras -Fontão
4795-380  Roriz
Telef.252.881903

ADEGA REGIONAL DO RODRIGO
R. de Forjães
4825 –243 Lamelas
Telef.252.891476 

ADEGA REGIONAL O ESCONDIDINHO
R. das Escolas,180
4795-878  S. Mamede de Negrelos
Telef.252.841355

AMARELOS BAR RESTAURANTE
Av. Sousa Cruz
4780-365 Santo Tirso
Telef. 252.891137
e-mail:rest@ahbvt-amarelos.org

Locais a Visitar


GASTRONOMIA

  •     caldo verde com broa de milho
  •     sopas  ( de nabos ou outras ) 
  •     coelho assado ou à caçador 
  •     vitela e cabrito assado em forno de lenha 
  •     os típicos pratos de bacalhau 
  •     o polvo em arroz ou à bordalesa 
  •     a feijoada 
  •     o arroz de pica no chão 

Festas e Romarias



Locais a Visitar

Museu Municipal Abade Pedrosa

Imagem Museu Municipal Abade Pedrosa

Monteiro de S.Bento
Imagem Monteiro de S.Bento

Rosácea do Mosteiro de Roriz

Imagem Rosácea do Mosteiro de Roriz

Agenda de eventos

Urbanismo

Desporto

http://www.cm-stirso.pt


escultura de Peter Klasen.jpg


Santo Tirso



Santo Tirso











Santo Tirso

Parque da Rabada




Santo Tirso
Rio Ave


Santo Tirso
Brasão de Santo Tirso


 


Mais Fotos